Mulher é detida dentro de fórum após atuar como falsa advogada, diz polícia


Jovem de 26 anos foi detida minutos após audiência em Bezerros, Agreste.
Ela usava carteira de estagiária para se passar por advogada, diz polícia.

Uma mulher de 26 anos foi detida nesta quinta-feira (1º) suspeita de atuar irregularmente como advogada dentro do Fórum de Justiça de Bezerros, no Agreste de Pernambuco. De acordo com o delegado Humberto Pimentel, a jovem é formada em direito, mas não está habilitada para exercer a função de advogada. “Ela usava o número da carteira da OAB [Ordem dos Advogados do Brasil] de quando era estagiária”. Ela foi detida minutos após participar de uma audiência.
Ao G1, o delegado explicou que recebeu a denúncia, foi até o Fórum e avisou ao juiz sobre a mulher que estava supostamente atuando como advogada de forma irregular. “Esperamos a audiência terminar e detivemos a mulher ainda no Fórum”, conforme Humberto Pimentel. Segundo ele, a mulher defendia um homem suspeito de receptação.
Pimentel disse que ela assinou os documentos da audiência com o número da carteira da OAB de quando era estagiária. “Ela colocou o número sem a letra ‘e’ de estagiária, para parecer que era o número dela de advogada”, afirmou.
Marilda Tabosa, da Comissão de Fiscalização do Exercício Legal da Profissão da OAB seccional Caruaru, informou que a carteira da mulher estava vencida desde o ano de 2013. A jovem deve responder a processo administrativo pela OAB, conforme Marilda Tabosa.
A mulher foi levada para a Delegacia de Polícia Civil de Bezerros, onde foi autuada em flagrante. A suspeita ainda será ouvida. Segundo o delegado Humberto Pimentel, ela deve responder pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, exercício ilegal da profissão e pode ficar até cinco anos presa.
Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário