Os Bois Maracatu e Misterioso são campeões no Carnaval do Recife


Ontem quinta-feira (02), a prefeitura do Recife anunciou o resultado do Concurso de Agremiações do Carnaval 2017. Entre os campeões estão o Boi Maracatu e o Misterioso, os dois de Arcoverde.
O Concurso é composto de 11 (onze) modalidades, entre elas diversos tipos de manifestações carnavalescas, como: Troças Carnavalescas, Clubes de Frevo, Clubes de Boneco, Blocos de Pau e Corda, Maracatus de Baque Solto, Maracatus de Baque Virado, Caboclinhos, Tribos de Índios, Bois de Carnaval, Ursos (La Ursa) e Escolas de Samba.
O Boi Maracatu empatou numericamente com o Boi Diamante também de Arcoverde, no grupo I. “Tiramos nota máxima em todas as categorias, o que nos diferenciou foi a relevância do tempo de criação. O Maracatu foi criado em 2004 e o Diamante em 2008.”, explicou um dos organizadores do Boi Maracatu, Everaldo Marques, que se sagrou campeão.
De acordo com o regulamento do campeonato em caso de empate, o critério de desempate fica sendo a agremiação que possuir mais tempo de fundação. Neste caso, os dois bois de Arcoverde ficaram em primeiro e em segundo lugar e sobem para o grupo especial, em 2018.
Dentro desse mesmo formato, o Urso Pé de Lã ficou empatado com o Urso Branco do Camgaça de São Lourenço da Mata e, por sua vez , por ser mais novo que o concorrente ficou em segundo lugar. “O que importa é que mostramos nossa força, nossa cultura e próximo ano temos muito ainda a mostrar”, destacou um dos organizadores do Pé de Lã, Edvaldo, o Véi, que em 2018 sobe para a elite do categoria.
O Boi Misterioso foi campeão do grupo de acesso com nota máxima em todos os quesitos e, no próximo ano, passa para o Grupo II. Foram rebaixados, os Bois Estrelinha de Tacaimbó, Arcoverde e Fantástico, esse último por apenas três décimos.
Arcoverde se orgulha pela garra desses grupos que enfrentam sol, chuva e estrada para mostrar nossa cultura com tanto amor e dedicação. A todas e todos nosso reconhecimento.”, declarou a prefeita Madalena Britto, que em Arcoverde incentiva a arte o ano inteiro, seja por meio de convênios, apoio ou subvenções durante o período momesco.
A entrega dos troféus acontecerá no dia 10 de março, às 17h, no Teatro de Santa Isabel, no Centro do Recife.
Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário