Pernambuco concentra 62% das vagas da região Nordeste anunciadas online


Pesquisa realizada Adzuna.com.br, uma ferramenta de busca de busca, revela a distribuição de mais de 50 mil vagas anunciadas online na região Nordeste.


Mesmo sendo um dos menores estados do país, Pernambuco se destaca como o estado da região nordeste com o maior número de vagas anunciadas online, com mais de 50 mil oportunidades de empregos e representando 62% do total da região. As informações fazem parte de uma pesquisa realizada pelo site de busca de empregos Adzuna.com.br.

O segundo lugar no ranking dos estados com maior números de vagas anunciadas é ocupado pelo Ceará, com 9.615 vagas e representando 19% do total da região. Seguindo logo atrás aparece a Bahia com 5.065 vagas e representatividade de 10%. Na outra ponta do ranking se encontra o Piauí, sendo o estado com o menor número de vagas anunciadas no nordeste, 422 oportunidades.

O estudo ainda levantou os salários de cada estado do nordeste e, diferente do que é mostrado no ranking de vagas postadas, Pernambuco aparece no 8º lugar. À frente apenas do Ceará e Sergipe, o estado apresenta a média de R$1.774,00, 6% menor se comparado ao nordeste e 8,5% abaixo da média nacional. Nas primeiras posições aparecem o Piauí (R$2.365,00) com salários 24% maiores que o nordeste e 22% maiores que a média do Brasil, Alagoas (R$2.256,00) apresentando salário 18% maior que a região e o Maranhão (R$2.201,00) com média salarial 15% maior do que o nordeste.

No mesmo período analisado, o Brasil apresenta mais de 316 mil vagas anunciadas e a região nordeste fica em segundo lugar com 16% de todas as oportunidades postadas, logo atrás da região sudeste, que conta com mais de 193 mil vagas representando 62% do total. Já quando o quesito analisado é a média salarial, o Nordeste aparece em último lugar no ranking das regiões do país. Com o salário médio de R$1.907,00 a região fica 2% abaixo da média do país de R$1940,00 e 9% abaixo do centro-oeste, região que apresenta a maior média salarial.
Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário