Pernambuco registra três mortes em acidentes nas rodovias federais durante o carnaval


Número é 73% menor que o do ano passado, quando PRF registrou 11 mortes. Mais de 1800 imagens por excesso de velocidade foram registradas no período.

 
A polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 73% menos mortes nas estradas federais em Pernambuco durante o feriado do carnaval deste ano, em comparação com o do ano passado. Entre os dias 24 de fevereiro e 1º de março, três pessoas morreram. No carnaval de 2016, foram 11 mortes.
O balanço foi apresentado nesta quinta-feira (2). Houve também redução no número de acidentes e feridos. Foram 72 acidentes, que deixaram 57 feridos neste ano, para 86 acidentes, com 73 feridos, no ano passado.
O acidente mais grave, segundo a PRF, foi o registrado em Pombos, no Agreste. Uma pessoa morreu carbonizada em um acidente no quilômetro 64 da BR-232, na descida da Serra das Russas.
Foram emitidas 60 autuações por alcoolemia, além de quatro pessoas presas por misturar bebida e direção. Ao todo, foram feitos 2.023 testes com o bafômetro pelas equipes federais.
A infração de trânsito mais comum nas rodovias federais que cortam o estado foi a de excesso de velocidade. Os radares da PRF registraram 1.875 imagens de excesso de velocidade, inclusive com o flagrante de motoristas trafegando a 169 km/h.
Durante as fiscalizações, também foram recolhidos 87 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e 53 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs), além de serem recolhidos 131 veículos por diversas irregularidades.
 
Ao todo, sete pessoas foram presas nas rodovias por crimes como receptação, uso de documento falso e com mandado de prisão em aberto. Também foram resgatados 20 animais às margens das rodovias.
Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário