Copa Noronha volta a acontecer no arquipélago


Após dois anos Fernando de Noronha recebe mais uma vez a Copa Noronha de Futebol de Campo

A competição, que inicia na terça-feira, 25 de abril, será no Estádio Pianão, na Vila do Trinta, e contará com a participação de 7 equipes. O jogo de abertura está marcado para as 19h30. Quem entra em campo são os times da Conceição, atual campeã e do Projeto “Sou Vivo Não Uso Drogas”. A realização do evento só está sendo possível após a Administração da ilha ter feito a manutenção na iluminação do local, foram investidos R$ 30 mil em lâmpadas, reatores, embutimento de fios e edificação do quadro de energia.
“Esse é um evento muito importante para a comunidade, um momento de interação social, todos se envolvem, assistem aos jogos, torcem. O retorno da Copa Noronha nos traz a certeza de que estamos desenvolvendo um bom trabalho, investindo em todas as áreas. Há 15 anos não havia manutenção na iluminação do campo. Ficamos felizes em poder proporcionar isso para os noronhenses, é um benefício para eles desfrutarem”, disse o Administrador da ilha Luís Eduardo Antunes.
Os times da Conceição, Projeto “Sou Vivo Não Uso Drogas”, Três Paus, Cachorro, Vitória, Atobá e Universo estão na disputa. A competição será através de pontos corridos na primeira fase, onde todos os times se enfrentam classificando os 04 primeiros colocados para as semifinais, que está prevista para os dias 25 e 27 de julho. Os vendedores disputam a final no sábado, 29. Nesse ano serão convidados árbitros da Federação Pernambucana e Brasileira de Futebol para apitarem os últimos jogos. Os campeões ganharão troféus e medalhas e os demais participantes kits esportivos.
“O campeonato existe desde 1989, mas só em 2013 ganhou o nome Copa Noronha. É um evento importante para a comunidade, que movimenta bastante a ilha, existe uma interação muito legal entre atletas amadores, famílias, colegas de trabalho, todos se envolvem bastantes. Estamos muito felizes em poder fazer com que a Copa Noronha volte a acontecer. Nós queremos mostrar também que a prática de esportes pode ser bem prazerosos e ainda atrelada a diversão proporcionando qualidade de vida.”, falou o Gestor de Esportes da ilha Wellington Lima.
O taxista Carlos Eduardo Flor, 32, que nasceu na ilha, é o goleiro oficial do time da Conceição, ele joga com o grupo há mais de 8 anos. Para ele o retorno da Copa Noronha foi bastante esperado e deixou todos entusiasmados. “Eu assistia os jogos do campeonato quando era criança, adorava acompanhar. Joguei pela primeira vez aos 15 anos no time da Escola Arquipélago e não parei mais. Tem um significado bem importante pra mim. É um atratativo a mais, promove a conscientização da prática esportiva para a comunidade desde cedo. Minha expectativa é levar o título mais uma vez”, falou.
A Copa Noronha está sendo realizada pela Administração da ilha em parceria com empresas e empresários locais. No término do campeonato haverá uma grande festa de encerramento com shows de bandas nativas.
Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário