Médico é esfaqueado em Palmares; quadro de saúde é estável, diz hospital

Ele foi vítima de um assalto na própria residência, quando homens entraram pelo telhado da casa e abordaram a vítima.

Segundo a Polícia Militar, o médico levou duas facadas, uma no pescoço e outra nas costas.
O médico Dilson Siqueira de Assunção, de 56 anos, que levou duas facadas na madrugada desta segunda-feira (10), em Palmares, na Mata Sul de Pernambuco, não corre risco de morte. Ele foi vítima de um assalto na própria residência, quando homens entraram pelo telhado da casa e abordaram a vítima. Segundo a Polícia Militar, o médico levou duas facadas, uma no pescoço e outra nas costas.
Ainda segundo a polícia, o médico foi obrigado a abrir o cofre da casa. Essa é a segunda vez que ele sofre esse tipo de assalto. Ele é proprietário de uma clínica na cidade. Funcionários da clínica informaram que a casa foi toda revirada na ação dos bandidos. "Acreditamos que a ação foi do mesmo pessoal do primeiro assalto, já que eles sabiam onde estavam as coisas", disse a funcionária que pediu para não ser identificada.
O médico deu entrada no Hospital Regional dos Palmares, foi transferido para o Hospital da Restauração no Recife, mas não corre risco de morte. Até a publicação dessa matéria, ninguém foi preso.

Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário