Secti leva conhecimento, aprendizado e inovação para a Zona da Mata


Nesta sexta-feira (12), o Pernambuco Em Ação segue em mais uma rodada pelas matas Norte e Sul do estado

apresentando os investimentos que vem sendo realizados no estado. A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) desenvolve várias ações na região, visando a disseminação do conhecimento, aprendizado e inovação. Com a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe), durante 2015 e 1016, mais de R$ 1.7 milhões foram investidos em bolsas científicas, auxílios para projetos de pesquisa e participação em eventos. Nesse mesmo período, mais de R$ 7 milhões em bolsas foram ofertadas para estudantes da rede municipal pelo Programa Universidade para Todos (Proupe).
O financiamento da Facepe foi direcionado a bolsas de mestrado, doutorado, iniciação científica, incentivo acadêmico, desenvolvimento científico regional e outras modalidades, além dos projetos de pesquisa e a participação em eventos. Neste ano, está previsto o aumento de 5% nas bolsas e auxílios oferecidos em 2015/2016 para 2017/2018.
Pelo Proupe, este ano, estamos ofertando 970 bolsas neste semestre, somando um investimento de R$ 934 mil, além da contratação de 30 professores para os campi de Nazaré da Mata e Carpina. Nesses locais, 28 professores já foram contratados e as obras da quadra de esportes e bloco de salas de aula e laboratórios foram concluídas (R$ 1 milhão).
Ciência - Buscando a interiorização da ciência, a Secti também levou para fora da região metropolitana do Recife programas de disseminação científica. Em 2015 e 2016, mais de 40 escolas participaram do Ciência Jovem, uma feira internacional que reuniu quase mil participantes de todo Brasil e exterior. Além disso, 32 ações foram desenvolvidas pelo Projeto Itinerante Ciência Móvel na Zona da Mata, popularizando ainda mais a ciência.
Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário