ASTEROID DAY NO OBSERVATÓRIO DA SÉ


O Espaço Ciência é um dos três pernambucanos cadastrados entre os cerca de 700 eventos que acontecem em todo mundo no Asteroid Day. O evento global acontece na sexta-feira (30) mas, por conta da paralisação prevista para este dia, as atividades do Observatório da Sé, em Olinda, serão realizadas no dia seguinte: amanhã (01/07).
A partir das 16h, haverá exposição de meteoritos; exibição de documentários; modelagem de asteroides com massa de modelar e papelão; e observação do céu. O Observatório da Sé funciona  de terça a domingo, das 16 às 20h e é vinculado ao Espaço Ciência/Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco.
ASTEROID DAY – O Asteroid Day ou Dia do Asteroide foi sancionado pelas Nações Unidas em 2016, como um dia global de educação para aumentar a conscientização sobre os asteroides e sobre a necessidade de usar a ciência para proteger a humanidade de impactos futuros. Mais de 700 eventos em 190 países ao redor do mundo estão cadastrados. A data marca o aniversário do maior impacto asteroidal registrado na história, em 1908, na Sibéria, Rússia.
Em Pernambuco, o evento adquire um significado especial este ano: em abril, o asteroide 10468, descoberto em 1981, ganhou o nome de Itacuruba em homenagem à cidade onde está instalado o OASI – Observatório Astronômico do Sertão de Itaparica. No local é realizado o projeto IMPACTON, que analisa e monitora asteroides. Trata-se do segundo asteroide que homenageia o estado: em 2013, o asteroide 158520 foi batizado com o nome do Químico pernambucano Ricardo Ferreira.
Além do Espaço Ciência, por meio do Observatório da Sé, há atividades pernambucanas  cadastradas pelo Núcleo de Astronomia do EREM Vila Rica, em Jaboatão dos Guararapes; e pelo Observatório “Alencar’s Heavens”, em Araçoiaba.
MUNDO AFORA – Algumas das maiores agências espaciais participam do evento global, a exemplo da Agência Espacial Europeia (ESA); Agência Espacial Japonesa (JAXA) e a Agência Espacial Americana (NASA).
No Arizona, EUA, o homem dos meteoritos do Canal Science Channel, Geoff Notkin, conduzirá um grande evento com pesquisadores de renome e o Flandrau, Centro de Ciência e Planetário, abrigará atividades sobre asteroides, sessões de planetário e exposição para o público (Confira).
Em Londres, Debbie Lewis, vice-presidente do Painel de Especialistas do Asteroid Day e expert em riscos, crises e gestão de desastres, recebe vários convidados, entre os quais a primeira astronauta britânica, Helen Sharman.
Na Polônia, o Coordenador local do Asteroid Day, Tomasz Kluwak, será agraciado com um prêmio por ensinar o público a respeito dos asteroides. Entre os eventos coordenados por Kluwak, estão a observação astronômica, concerto musical e um divertido evento no parque, que atrai mais de 1.000 estudantes.
No Paquistão, o jornalista e engenheiro Mohammad Iftekhar Yezdani coordena um evento ao ar livre que inclui caminhada, exibição de obras de arte, palestras, reprodução de conversas pré-gravadas e observação do céu.
No Brasil, o Dia do Asteroide é coordenado nacionalmente pelo GaeA – Grupo de Apoio em Eventos Astronômicos, dirigido por Saulo Machado, e conta com coordenações nas cinco regiões brasileiras. Há mais de 70 eventos confirmados em mais de 40 municípios de 16 estados.
PARA VER NA TV – Parceiro do Asteroid Day, o canal Discovery Channel produziu dois especiais sobre asteroides para ir ao ar em 30 de junho: “How to Survive an Asteroid Impact” (como sobreviver a um impacto asteroidal), vídeo de realidade virtual com três minutos de duração; e “Scientists Rock”, uma série de sete partes apresentando as pessoas que trabalham para nos proteger dos asteroides.
O Asteroid Day LIVE é a primeira transmissão ao vivo com 24 horas de duração a respeito da ameaça dos asteroides (Acesse aqui). Produzido do novo estúdio da Broadcasting Center Europe (BCE) em Luxemburgo, o programa de 30 de junho servirá de plataforma para uma conversa global sobre asteroides. Conduzido pelo físico britânico, autor e comentarista da BBC, Brian Cox, reúne especialistas em ciência, tecnologia e pesquisa em ciência planetária (Confira a programação).
Vinculado ao Asteroid Day, a Declaração 100x clama por um aumento em 100 vezes no investimento em detecção e monitoramento de asteroides. A Declaração está disponível online para assinatura de todos os cidadãos do mundo preocupados com o avanço da pesquisa e tecnologia de asteroides.
QUER RECEBER MATÉRIAS DO NOSSO BLOG – Manda um zap para nossa redação com a palavra Notícia (87.99946.0041)
QUER ANUNCIAR NO BLOG MAIS ACESSADO DO SERTÃO DE PERNAMBUCO – Ligue agora mesmo para nossa área comercial: 87.99946.0041 / 0042.
VOCÊ REPÓRTER – Envie sugestões de pauta para nosso blog 87.99946.0041 / 0042 ou tribunadaregiao@hotmail.com

Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário