Reeducandos vinculados ao Patronato Penitenciário começam a trabalhar na Prefeitura de Petrolina


O município de Petrolina, no Sertão do Estado, está com nova equipe de trabalhadores na área de limpeza urbana e na varrição das ruas. Um grupo de 21 reeducandos do regime aberto e livramento condicional iniciou as atividades nessa quinta-feira (20).

A iniciativa faz parte de um convênio assinado entre a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), por meio do Patronato Penitenciário, e a prefeitura do município, que disponibilizou 200 vagas.  A parceria de empregabilidade também é executada pelas prefeituras do Recife, Jaboatão dos Guararapes e Olinda.

Os amarelinhos, como são chamados esses reeducandos em Petrolina, vão trabalhar das 8h às 17h, e cada um será remunerado com o salário mínimo (R$ 937,00) e vale transporte.
De acordo com o setor de Empregabilidade do Patronato Penitenciário, atualmente 534 reeducandos do regime aberto e livramento condicional trabalham no estado por meio de convênios públicos e privados.  “O objetivo é dar oportunidades de emprego para que eles não voltem a delinquir”, explica Josafá Reis, superintendente do órgão.

QUER RECEBER MATÉRIAS DO NOSSO BLOG – Manda um zap para nossa redação com a palavra Notícia (87.99946.0041)
QUER ANUNCIAR NO BLOG MAIS ACESSADO DO SERTÃO DE PERNAMBUCO – Ligue agora mesmo para nossa área comercial: 87.99946.0041 / 0042.
VOCÊ REPÓRTER – Envie sugestões de pauta para nosso blog 87.99946.0041 / 0042 ou tribunadaregiao@hotmail.com
Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário